Documento sem título
 
Veja também
 
11/12/2018
Conheça os principais conceitos do pilates
11/12/2018
Seis alimentos ricos em proteína e pobres em carboidratos
11/12/2018
É hora de mudar? Benefícios de variar o treino de corrida
04/12/2018
Alimentação adequada para cuidar das articulações
04/12/2018
10 mitos e verdades sobre efeitos do sol na pele
 
 
Notícia - Circulação nas pernas: as 7 melhores soluções 13/11/2018
Circulação nas pernas: as 7 melhores soluções

Com o passar do tempo e por diferentes fatores, surgem os problemas de circulação nas pernas. Podemos senti-las mais pesadas e ver como aparecem varizes ou celulite com mais facilidade. Portanto, é algo que temos que combater por uma questão de saúde e estética.

Neste artigo compartilharemos as 7 melhores dicas para combater os problemas de circulação nas pernas. Ao adotar esses hábitos simples você conseguirá sentir as pernas leves, esbeltas e tonificadas e, além disso, melhorará sua saúde em geral. Confira!

Dicas para melhorar os problemas de circulação nas pernas

1. Combata o estilo de vida sedentário

O primeiro passo, e também o mais lógico, para melhorar a circulação nas pernas consiste em colocá-las em movimento. Infelizmente, cada vez mais pessoas vivem de forma muito sedentária. Podem passar longas horas sentadas e sem se mexer, o que é muito perigoso para a saúde.

Devemos nos propor a não passar mais de uma hora sentados. Podemos inclusive pôr um alarme para não nos esquecermos. Será o suficiente, por exemplo, levantar e fazer algum alongamento ou aproveitar para conferir alguma mensagem, beber água, ir ao banho, etc.

2. Melhore a postura

As pessoas que, pelo contrário, passam muitas horas em pé, também devem tomar cuidado com sua postura. Ficar sentado é tão prejudicial quanto ficar de pé com uma postura corporal inadequada. Isto é muito importante para as pessoas que trabalham em lojas, etc.

Se necessário, podemos ir para uma terapia de reeducação postural que nos ajudará a reaprender a andar, ficar em pé, pegar peso, abaixar, respirar, etc. Todas estas questões básicas que negligenciamos. Assim, a circulação nas pernas vai melhorar em pouco tempo.

3. Caminhe, pule, suba e desça

Sempre que possível devemos optar por nos mover. Assim, as escadas rolantes, os elevadores e as cadeiras devem parar de substituir as escadas, caminhadas, pular, etc.

Além de praticar esportes duas ou três vezes por semana, é importante permanecer ativo durante o dia. Da mesma forma que as crianças, que estão sentadas e de súbito estão correndo, nós também devemos nos movimentar.

4. Coma alimentos vermelhos

Os alimentos têm propriedades diferentes para a saúde de acordo com a sua cor. Alimentos vermelhos, por exemplo, melhoram a circulação sanguínea, previnem as doenças cardiovasculares, são antioxidantes e cuidam do trato urinário.

Portanto, devemos comer alimentos desta tonalidade todos os dias, que são ricos em licopeno e antocianinas:

- Frutas vermelhas;
- Tomate;
- Melancia;
- Cereja;
- Uva vermelha;
- Pimentão vermelho;
- Rabanete;
- Maçã vermelha.

5. Beba água regularmente

Beber água pode nos ajudar a prevenir tantos distúrbios que não devemos subestimar esse conselho. Se queremos que os fluidos do nosso corpo fluam, devemos beber água a toda hora, mas sempre com o estômago vazio, fora das refeições.

Devemos beber, pelo menos, um litro e meio de água por dia. Se nos custar muito, podemos começar com infusões e limonada sem açúcar. A chave é ter sempre um copo ou uma garrafa por perto. Sempre que olharmos para ela, deveremos tomar um bom gole.

6. Use os sapatos certos

Em muitos casos, os problemas de circulação nas pernas aparecem devido a calçados inadequados. Eles podem ser sapatos de salto alto, muito estreitos, muito curtos… O calçado é o suporte do pé, e este é a base do peso do nosso corpo. Para melhorar a circulação, deve ser o mais adequado.

De vez em quando deveríamos nos descalçar e desfrutar dos benefícios de caminhar sem sapatos pela areia da praia, terra ou grama. Isso supõe um alívio para as nossas pernas ao mesmo tempo em que nos descarrega da contaminação eletromagnética.

7. Relaxe quando chegar em casa

Finalmente, ao chegar em casa podemos tomar um banho com água fria, ou pelo menos jogar água nas pernas. Também podemos aplicar algum óleo ou creme com ingredientes que melhoram a circulação: cipreste, alecrim, canela, hamamélis, castanha da índia, etc.

Antes de deitarmos podemos pôr as pernas por algum tempo para o alto, por exemplo, perpendiculares à parede.

Além disso, também podemos dormir com as pernas levemente elevadas, com a ajuda de uma almofada. Na verdade, existem almofadas específicas para esse propósito que proporcionam grande alívio e nos ajudam a levantar as pernas de forma correta.

Fonte: Melhor com Saúde
     
Documento sem título
 
CNPJ: 56.792.997/0001-14

Rua Santa Rita, 1471 - Centro
Itu / SP - CEP: 13300-065

Farmacêutica Responsável:

Eli A. Cacciolari Caputo - CRF-SP: 9448
Normas de Qualidade
Copyright © 2013 - Todos os direitos reservados
Produzido por FrameSet
 
Farmácia   Produtos
Nossa História   Cosmética e Beleza
Laboratórios   Saúde e Nutrição
Manipulação   Homeopatia
    Linhas de Revenda
Atendimento    
Fale Conosco  
Orçamento Online  
Fale com o Farmacêutica