Documento sem título
 
Veja também
 
26/05/2020
Os efeitos da falta e do excesso de luz solar para a saúde
26/05/2020
Razões pelas quais você não consegue perder peso
26/05/2020
Exercício é o melhor aliado da saúde mental neste período difícil
20/05/2020
45% das doenças cardíacas começam na boca, entenda
20/05/2020
Cinco vitaminas para tomar durante a pandemia
 
 
Notícia - Alimentos que auxiliam no combate à depressão 18/02/2020
Alimentos que auxiliam no combate à depressão

A alimentação está diretamente ligada com aquilo que sentimos e pode alterar significativamente o nosso humor. Isto porque a comida é a principal fonte de nutrientes para o corpo, o que significa que: quanto melhor comermos, melhor ele funcionará.

Pensando nisso, nós separamos alguns grupos de alimentos que ajudam na depressão e podem tornar seus dias mais leves.

A explicação científica para esse mal-estar e irritação quando estamos com fome é que o cérebro associa a falta de nutrientes ao perigo e à luta pela sobrevivência. Além disso, os neurotransmissores do cérebro -que atuam expressamente nas emoções- necessitam dos nutrientes para serem produzidos.

Saiba quais são os alimentos que ajudam na depressão.

Frutas
Melancia, abacate, mamão, banana, tangerina e limão são todas ricas em triptofano, um tipo de aminoácido que ajuda na produção de serotonina (que auxilia no bom-humor, regularização do sono, funcionamento da memória e atenção). a deficiência desse neurotransmissor pode causar irritabilidade, agressividade, ansiedade, estresse e até mesmo compulsão alimentar.

Castanhas, nozes e amêndoas
Ricas em selênio, que é antioxidante, elas ajudam no combate à depressão e na redução do estresse. Apesar disso, o ideal é não exagerar nas oleoginosas. De castanha do pará, por exemplo, é indicado duas unidades por dia.

Verduras verde escuras
As opções mais recomendadas são as que possuem alto conteúdo de folato e betacaroteno, como o espinafre e o brócolis, por exemplo. Combinados com a vitamina C, potássio, esteróis, luteína, zeaxantina, eles são capazes de contribuir para um melhor funcionamento do cérebro.

Chocolate amargo 70%
Chocolate que faz bem para a saúde existe, sim! O tipo de teor mais amargo estimula a liberação de serotonina, endorfina, anandamida e teobromina, influenciando diretamente no humor e na disposição.

Peixes
Alguns tipos como salmão, truta, sardinha, atum, arenque e cabala, possuem gorduras, como o ômega 3, que são ótimas para o corpo, já que ele não consegue produzí-la sozinho. O resultado de sua ingestão está em uma melhora dos níveis de Colesterol, no funcionamento do metabolismo e do sistema imunológico.

Água
Não há dúvidas de que a água é essencial para o corpo. O líquido além de ser responsável por eliminar as toxinas do corpo, também transporta os nutrientes. Fora isso, a desidratação pode gerar quadros de confusão mental.

Aveia e centeio
Ricos em vitaminas do complexo B e vitamina E, os nutrientes ajudam no melhor funcionamento do intestino e contribuem para combater a ansiedade e a depressão. O ideal é consumir cerca de três colheres de sopa cheia por dia.

Soja
Rica em magnésio, o alimento é essencial par a energia das células. sua falta pode resultar em fádigas, por exemplo. além disso, a soja se combinada com o cálcio, funciona como um tranquilizante natural.

Fonte: Alto Astral
     
Documento sem título
 
CNPJ: 56.792.997/0001-14

Rua Santa Rita, 1471 - Centro
Itu / SP - CEP: 13300-065

Farmacêutica Responsável:

Eli A. Cacciolari Caputo - CRF-SP: 9448
Normas de Qualidade
Copyright © 2013 - Todos os direitos reservados
Produzido por FrameSet
 
Farmácia   Produtos
Nossa História   Cosmética e Beleza
Laboratórios   Saúde e Nutrição
Manipulação   Homeopatia
    Linhas de Revenda
Atendimento    
Fale Conosco  
Orçamento Online  
Fale com o Farmacêutica